Caça-palavras – Micheliny Verunschk

1

Micheliny VERUSNCHK nasceu em RECIFE, 1972, e cresceu em ARCOVERDE. Estreou na literatura em 2003, com o livro GEOGRAFIA Íntima do Deserto, publicado pela editora LANDY que já havia publicado a autora na antologia Na virada do SÉCULO,  em 2002. Com o livro de POESIA, que conta com prefácio do crítico João Alexandre BARBOSA, a autora foi uma das finalistas do Prêmio Portugal TELECOM de 2004. Ainda em 2003, a autora teve o livro O Observador e o NADA organizado por MÁRIO HÉLIO e publicado pela BAGAÇO. Em 2010 volta a publicar, com o volume de poemas A Cartografia da NOITE, desta vez pela LUMME. Em 2011, é homenageada pelo escritor WILSON FREIRE através do romance A mulher que queria ser Micheliny Verunschk. Em 2014, após publicar uma série de poemas temáticos no Facebook, é convidada a publicá-los com o título B de BRUXA, pelo selo artesanal MARIPOSA Cartonera. Nesse mesmo ano, publica seu ROMANCE de estreia NOSSA TERESA, através da editora PATUÁ.

Compartilhe

Sobre o autor

Jornalista e mestre em Teoria da Literatura pela UFPE, onde desenvolveu pesquisa sobre narrativa em literatura eletrônica. É um dos fundadores do Vacatussa, integrou a equipe do programa de rádio Café Colombo, passou pelas redações dos jornais Folha de Pernambuco e Diario de Pernambuco.

1 Comentário

  1. Pingback: Dossiê: Micheliny Verunschk - vacatussa

Comente!