Como eles escrevem

0

Descobri um site chamado Como eu escrevo, que entrevista escritores e pesquisadores sobre… tcharã… o processo criativos deles =). Aqui vai um pedacinho do bastidor literário do poeta e escritor Bráulio Tavares:

De onde vêm suas ideias? Há um conjunto de hábitos que você cultiva para se manter criativo?

Ler muito e pensar o tempo todo. O mundo fervilha de assuntos, basta abrir os olhos e os ouvidos. E a mente. Fico pasmo quando vejo um escritor dizendo que a literatura se esgotou, que não há nada mais a dizer, que o mundo de hoje não fornece grandes temas. Um cara assim devia largar a literatura e virar redator de bulas de remédio. Rapidinho ele ia descobrir grandes temas.

Meu problema nunca foi falta de assunto ou de ideias. Meus projetos não concluídos só não avançaram porque eu não estou conseguindo encontrar, por exemplo, a voz narrativa ideal para aquele conto. É como quando estamos tentando cantar uma música no tom errado e não achamos o tom ideal para nossa voz”.

Compartilhe

Sobre o autor

É jornalista e, há mais de uma década, desenvolve paralelamente projetos de literatura. Cursou a oficina literária do escritor Raimundo Carrero, tem textos publicados em suplementos literários, sites e na coletânea Recife conta o Natal, editada pela Fundação de Cultura da Cidade do Recife, em 2007. Ajudou a fundar, em 2004, o coletivo literário Vacatussa que, desde então, tem se dedicado a estimular, analisar e divulgar a produção dos escritores. Participou, na condição de convidada, de eventos como o Festival a Letra e a Voz e a Fliporto. Como jornalista, escreveu o livro-reportagem Subversivos: 50 anos após o golpe (Cepe, 2014).

Comente!