Perfil – Micheliny Verunschk

0

Micheliny Verunschk nasceu no Recife em 1972 e muda-se para Arcoverde, em Pernambuco, onde passa parte da infância e da adolescência.

Em 2002, foi selecionada por Claudio Daniel e Frederico Barbosa para integrar a antologia Na virada do século – poesia de invenção no Brasil, publicada pela editora Landy.

No ano seguinte, por essa mesma editora, estreia em livro com Geografia Íntima do Deserto, título que chegou a ser um dos finalistas do Prêmio Portugal Telecom de 2004.

Ainda em 2003, a autora teve o livro O Observador e o nada publicado pela Bagaço. A obra ganhou uma nova edição em 2012, saindo pela Coleção Poesia Viva do Centro Cultural São Paulo.

Em 2010 volta a publicar, com o volume de poemas A Cartografia da noite, desta vez pela Lumme.

Após publicar a série de poemas B de bruxa (bonnus bonnificarum) na revista Mallarmargens em 2013, é convidada a publicá-los pelo selo artesanal Mariposa Cartonera, em 2014.

Nesse mesmo ano, publica seu romance de estreia Nossa Teresa – vida e morte de uma santa suicida (Patuá, 2014), que foi escrito através da bolsa de criação recebida da Petrobrás Cultural.

Compartilhe

Sobre o autor

Comente!