Marcelino Freire e Samarone Lima entre os vencedores da Biblioteca Nacional

0

Dois pernambucanos, de nascença ou coração, estão entre os vencedores do Prêmio Literário da Biblioteca Nacional deste ano.

Samarone Lima, cearense radicado em Pernambuco, conquistou o Alphonsus de Guimarães (poesia) com a obra O aquário desenterrado (Confraria do Vento).

Leia o dossiê de Samarone Lima e a crítica que fizemos sobre O aquário desenterrado.

Marcelino Freire, escritor pernambucano radicado em São Paulo, venceu com Nossos ossos (Record) o Prêmio Machado de Assis, que contempla a categoria romance e já havia sido conquistado duas vezes por outro pernambucano. Em 1995, Raimundo Carrero levou o prêmio por Somos pedras que se consomem e, em 2009, com A minha alma é irmã de deus.

Leia o dossiê de Marcelino Freire e a crítica que fizemos sobre Nossos ossos.

Completa a trinca principal o paulistano Bernardo Kucinski, vencedor do Prêmio Clarice Lispector (contos) com a publicação Você vai voltar para mim (Cosac Naify). Este ano, o prêmio em dinheiro de cada vencedor aumentou: subiu de R$ 12.500 para R$ 30 mil em cada categoria.

Leia a crítica que fizemos sobre Você vai voltar para mim

Além dessas três principais categorias, a Fundação Biblioteca Nacional ainda contempla outras seis: Eduardo Coutinho, de Milton Ohata (Ensaio Social); Pelo nariz, de Arthus Nestrovski (Literatura Infantil); Esopo: fábulas completas, (Projeto Gráfico, feito por Flávia Castanheira) – três livros lançados pela Cosac Naify. Na categoria Ensaio Literário venceu Frestas: a teorização em um país periférico (coedição da Contraponto e da PUC-Rio), de Luiz Costa Lima; em Tradução o ganhador foi Marcelo Backes, por sua versão de Michael Kohlhaas (Record), de Heinrich von Kleist, publicado originalmente em 1810. E a vencedora da categoria Literatura Juvenil foi Daniella Bauer, pelo livro Morada das lembranças (Biruta).

Compartilhe

Sobre o autor

Jornalista. Escreve sobre literatura e cinema no caderno de cultura do jornal Folha de Pernambuco desde 2009.

Comente!