Revista Vacatussa #13

Editorial

Está no dicionário: herói é o filho da união de um(a) deus(a) com um ser humano, ou um mortal que foi divinizado após a morte, tornando-se semideus. Como há muito não se veem deuses por essas bandas, a transformação de alguém em herói passou a se dar por seus próprios feitos (devido a sua coragem, ao seu sofrimento) ou pelo interesse de quem acaba escrevendo a História.

Aqui, vocês terão acesso a 11 interpretações do termo herói. Algumas – casos de Mário Rodrigues, Aline Arroxelas e José Luiz Passos – apresentam personagens que personificam o heroísmo, pela bravura e ímpeto para encarar desafios. Já Joana Rozowykwiat, Homero Fonseca, Raimundo Carrero e Mário Lins optam pelo caminho inverso: momentos de inflexão na trajetória de heróis que se veem no limiar de se transformarem em vilões. Enquanto que Alex Xavier, Ana Lira, Luzilá Gonçalves Ferreira e Cida Pedrosa focam justamente no processo posterior, seja de revisão histórica ou do esforço de construção desses heróis, como uma maneira de reafirmar e expor valores e ideais.

Uma coisa que impressiona é que, por mais diferentes que sejam esses olhares, todos trazem em comum a construção desses personagens sob a matiz humana, seres que possuem vidas cotidianas e são passíveis de paixões e erros. Espero que gostem. Boa leitura!

Textos

Expediente

Edição, Diagramação, Revisão Thiago Corrêa Ramos (vacatussa@gmail.com)

Textos Alex Xavier, Aline Arroxelas, Ana Lira, Cida Pedrosa, Homero Fonseca, Joana Rozowykwiat, José Luiz Passos, Luzilá Gonçalves Ferreira, Mário Lins, Mário Rodrigues, Raimundo Carrero

Ilustrações Alexandre Cavani

Periodicidade Bimestral, ISSN: 2359-1609

Pontos de distribuição (a revista é gratuita)

Castigliani Café Especiais: Estrada do Encanamento, 323 - Casa Forte

Cinema do Museu: Av. 17 de Agosto, 2187, Casa Forte

Casa Azul (sebo): Rua 13 de Maio, 121, Olinda

Mascate - Café e Negócios: Rua Barão de Souza Leão, 401, Boa Viagem