Jc Online – 06.10.2005

0

Jc Online – 06.10.2005
http://jc.uol.com.br/2005/10/06/not_98176.php

Vacatussa lança segunda edição de zine na Bienal
Do Jc OnLine

Um grupo de jovens escritores que se encontrou pela primeira vez na Oficina Literária de Raimundo Carreiro, em 2003, resolveu se juntar para discutir sobre literatura e avaliar seus próprios trabalhos. Um ano depois, estava criado o Vacatussa. A publicação dos contos ocorreu em maio último, quando foi lançado e distribuído gratuitamente o primeiro zine autoral. Nesta sexta (7), às 16h, a segunda edição do livreto ganha vida, no espaço Café Continente da Bienal Internacional do Livro de Pernambuco, que se instala até dia 16 no Pavilhão do Centro de Convenções.

A revista – em preto e branco – conta com textos de alguns dos fundadores do grupo – Joana Rozowykwiat, Mário Lins e Thiago Corrêa – e ainda com cinco colaboradores: Aline Arroxelas, Lula Oliveira, Paula Melo, Jacques Waller e Marcelo Pedroso. Já no editorial, algumas explicações sobre o material: diferente do primeiro, este zine não tem tema definido. “Cada um escreveu sobre o quis”, disse Thiago. Os textos falam de solidão, amor, morte, dúvidas… são contados ora em diálogos curtos, ora em letras densas.

As obras, anuncia o editorial, foram enviadas para vários artistas talentosos, que transformaram o conceito de cada história em belíssimas ilustrações. O projeto gráfico também mudou. Foi desenvolvido pela mooz, que chegou a criar as fontes denominadas Uno Leste, Oeste e Bats especialmente para a edição.

Com recursos próprios, foram rodados 500 exemplares do Vacatussa, que serão distribuídos na Bienal. Depois do evento, o grupo informa que o zine pode ser encontrado em livrarias, bibliotecas, cafés e espaços culturais. A distribuição é gratuita.

Compartilhe

Sobre o autor

Jornalista e mestre em Teoria da Literatura pela UFPE, onde desenvolveu pesquisa sobre narrativa em literatura eletrônica. É um dos fundadores do Vacatussa, integrou a equipe do programa de rádio Café Colombo, passou pelas redações dos jornais Folha de Pernambuco e Diario de Pernambuco.

Comente!