Equipe

Nasceu em São Paulo-SP, 1967. É formada em Publicidade pela FAAP-SP. Trabalhou com artes gráficas por vários anos. Participou das oficinas dos escritores Cadão Volpato (ago2016/jun2017) e Ronaldo Bressane (ago/dez2017).Textos


Nasceu em São Paulo-SP, 1984. Publicitária, publicou em 2017 o livro Morri por educação (Oito e Meio). Foi publicada em revistas como Philos, Blecaute, Flaubert, Subversa e outras. Escreve crônicas em medium.com/@ridiculaTextos


Diogo Monteiro nasceu no Recife-PE, 1978. É jornalista, sem saber bem o que isso significa. Já emplacou sorrateiramente contos em revistas como Vacatussa, Continente Multicultural e Café Colombo, além de antologias como a Tempo Bom da Iluminuras.Textos


É de Campina Grande-PB. Mora em Moscou, onde estuda russo. É dramaturgo, poeta e ficcionista. Publicou mais de dez livros, entre os quais Funerais da fala (2000), Finais em extinção (2009) e Falsas ficções (2015).Textos


Nasceu em Carazinho-RS, em 1980. É jornalista formado pela UFRGS e está cursando Escrita Criativa na PUC-RS. Tem contos publicados nas antologias "101 que contam" e "Antologia Um Escrita Criativa PUC-RS".Textos


Nasceu em São Paulo-SP (1974). Tem contos e poesias publicados nas revistas Gueto, Subversa e Alagunas e já venceu prêmios como Festival Universitário Xerox do Brasil (1998), Nascente (1999) e o Cataratas (2017).Textos


Nasceu em Salvador-BA (1983). É escritora, jornalista e doutoranda em Teoria e Crítica Literária na Unicamp. Publicou os livros Canto da Rua, Damário Dacruz: um homem, uma surpresa, Lavanda e Barroca. Instagram: @marianapaivaescritora.Textos


Nasceu em Bezerros-PE, em 1948. É jornalista e escritor. É autor, entre outros, do livro-reportagem Tapacurá: viagem ao planeta dos boatos (1996), o romance Roliúde (2007) e da novela À espera do tio Alois (2016).Textos


Nasceu em Assis-SP, 1992. É escritor, historiador e pesquisador em História da Arte, Estética e Teoria da Imagem. Autor das obras Delicado desespero de beija-flor em voo (Chiado, 2015) e Alguém, ninguém (Laranja Original, prelo).Textos


Adelaide Ivánova (Recife-PE, 1982) é jornalista, ativista, poeta, fotógrafa, tradutora e editora. Tem três livros, sendo o mais recente O martelo. É fundadora do grupo de estudos B.R.U.X.A e edita o zine MAIS PORNÔ, PVFR!. Vive entre Berlim e Colônia, Alemanha.Textos


1 4 5 6